• 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
Sala de Imprensa
Projeto de Ensino CRACON - Construindo Histórias

O Projeto de Ensino CRACON – CONSTRUIR HISTÓRIAS é realizado pelo Consórcio CR Almeida- Consbem, na obra da Linha 5 do Metrô – São Paulo.

Foi idealizado por uma das funcionárias do consórcio, Daniela de Oliveira Camargo – assistente técnica de meio ambiente, que como ex-professora se ofereceu para dedicar parte de seu tempo para ensinar dois colaboradores que haviam abandonado os estudos.

As aulas começaram na churrasqueira da obra. No começo eram dois encontros por semana, após o horário de trabalho. Já na segunda semana, os alunos começaram a trazer colegas e com o aumento do número de participantes, o consórcio disponibilizou materiais, cedeu o espaço do auditório para os encontros e comprou cadeiras com apoio de braço para que pudessem escrever.

A maioria são jovens entre 18 e 24 anos, em diferentes estágios de aprendizagem - entre o  quarto ano do ensino fundamental até primeiro ano do ensino médio. Há, também, alunos mais velhos que não reconheciam as letras do alfabeto. Para estes,foi comprado um alfabeto móvel colorido como apoio para sua formação.

Hoje o projeto conta com mais de quinze alunos. Os encontros de 40 minutos, são no horário de almoço. A professora, calma, paciente e comprometida com o desenvolvimento de cada um, empenha-se para que se sintam acolhidos, compreendidos e apoiados. Além do trabalho voluntário da professora outros colaboradores da obra também apóiam as atividades da escola, a nutricionista Barbara Fernandes que contribuiu no começo com o preparo do lanche, com o desenvolvimento de atividades e a recepcionista Eliana A. de Freitas dos Santos que faz cópias das atividades para os alunos.

O principal objetivo é estimular os colaboradores para que voltem ao ensino formal e se formem. Muitos deixaram a escola por alguma experiência negativa em sala de aula ou pela necessidade de trabalhar. Com os anos de afastamento, sentem-se inseguros e intimidados porque precisam relembrar e rever muitos conteúdos. Alguns já esquecidos. Com as aulas, gradativamente conseguem retomar a segurança. No grupo, percebem que os colegas sentem as mesmas dificuldades, que não são os únicos a enfrentar a mesma questão. Ao mesmo tempo, se motivam com as conquistas de cada um exercitando o trabalho em equipe. Para o grupo, incluindo a professora, é uma experiência enriquecedora, por conta da troca de conhecimentos entre alunos com culturas diferentes.

A autoestima aumenta na medida em que se sentem mais capazes e até no ambiente de trabalho eles se sentem mais confiantes. Os familiares apóiam e se alegram com seu desenvolvimento. A obra se orgulha de seu esforço e persistência em buscar o melhor para si!

O projeto recebeu algumas doações de livros, a maioria sobre literatura brasileira e alguns alunos ganharam livros. Hoje, já é possível perceber os reflexos da prática da leitura.

Este projeto de ensino que começou timidamente vem ganhando espaço, carinho e apoio, foi desenvolvido um logo para a escola, criado pela nutricionista Barbara Fernandes e o engenheiro Nélio Godoy e executado pelo Cleber Lemes – setor de qualidade da obra para a confecção de camisetas.

Para 2013, o projeto almeja estabelecer parcerias para que a formação dos alunos seja formalizada com uma instituição de ensino, nos mesmos moldes do que já vem sendo realizado – dentro do espaço da obra e no horário do almoço. O diferencial está nos certificados de conclusão do ensino fundamental e médio que serão entregues a todos os alunos que iniciaram esta caminhada e aos demais que seguirão seus exemplos.